Cheque especial é o ópio do povo.  
 • Destaques
 • Plantão
 • Top10
 • Imagens
 • Blog

  Guru:
 • Mahatma Melei


  Esportes:
 • Enfiando a Bola



 • Newsletter
 • Anuncie
 • Fale Conosco

 • Timelei em RSS




Prepare o violão e o repertório completo de Raul Seixas. De 26 a 31 de janeiro, Porto Alegre se transforma no único palco musical do mundo que realmente atende aos pedidos de "Toca Raul!" que são gritados do meio da platéia.

Esse é o espírito democrático, surubático e maconhático do Fórum Mundial Social de Porto Alegre, um dos poucos eventos (além das festinhas do Fidel Castro) onde ainda é possível comer alguém puxando conversa sobre comunismo.

Antes de continuar lendo esta matéria, deixe de lado sua vida mesquinha de capitalista pequeno-burguês e liberte-se de todos os bens materiais. Envie um e-mail para [email protected] que nós faremos o favor de transformar os seus pertences em comida para os pobres e mulheres remuneradas para os humoristas.



O que é?


O Fórum Social Mundial foi lançado em 2001, no Brasil, como um contraponto ao Fórum Econômico, que acontece em Davos (Suíça) e reúne as pessoas mais importantes e endinheiradas do mundo.

No Fórum Social se encontram todos aqueles que não são endinheirados ou importantes e por isso mesmo não foram convidados para a boca livre em Davos. Juntos em Porto Alegre eles podem falar mal dos ricos esnobes e praticar a única diversão gratuita possível na ausência de uma televisão: o sexo.

Na prática, o Fórum Social Mundial é uma espécie de Rock in Rio de pobre com a vantagem de oferecer cerveja mais gelada do que o famoso festival de música. Inclusive, em sua primeira edição, chegaram a criar uma versão da clássica música que marcou o Rock in Rio. Mas logo desistiram da idéia ao notar que é impossível cantar "Fórum Social Mundial de Porto Alegre" no tempo existente entre os "Ôoôoô".

>> Ouça a música tema do Fórum Social.


Ano passado foi na Índia
Em 2004, os organizadores do Fórum Social decidiram cortar os custos trocando a maconha pelo ópio e se mandaram para a Índia. O evento acabou sendo um fracasso por cinco razões principais:

. As músicas do Raul Seixas não ficam legais quando tocadas em uma cítara.

. Por causa do rígido sistema social indiano baseado em castas, antes de comer uma mulher indiana é necessário oferecer um dote (geralmente pago com cabras) para a família dela.

. Descobriram que Johnny Quest tinha realmente um caso com o seu amiguinho indiano.

. Na pressa de molhar o biscoito, o pessoal acabou preferindo trepar com as cabras mesmo.

. Ópio não é brincadeira. Muitos incautos fumaram tanto que carcaram vacas pensando serem cabras. Acontece que na Índia as vacas são animais sagrados, protegidos por lei anti-pederastia e anti-churrasco.


Acomodações
Legítimos seguidores de Raul Seixas e da sociedade alternativa, os mais de 120 mil participantes do Fórum Social não se importam de ficar amontoados em acampamentos improvisados nos parques da capital gaúcha almoçando apenas produtos industrializados por multinacionais que todos odeiam.

Talvez seja exatamente para evitar a anemia que o consumo de sêmen e seus derivados apareça como suplemento alimentar preferido para 75% dos ativistas e, principalmente, passivistas pesquisados no último Fórum.


Debates relevantes


O senso comum nos ensina que para tomar qualquer decisão realmente prática uma reunião deve ter no máximo cinco pessoas e durar cerca de 10 minutos. Contrariando a lógica, o Fórum Social Mundial organiza debates e palestras democráticas para dar voz aos mais de 120 mil participantes.

Para surpresa de todos, no começo até que tudo corre relativamente bem. O problema é quando acaba a cerveja e é necessário decidir quem vai recolher cinco reais de cada um e sair para repor o estoque do bar.

Os temas de discussão são variados e sempre pertinentes. Segue abaixo a lista dos cinco debates mais concorridos nas últimas edições do evento:

. Novas cantadas para a juventude comunista do século XXI.
. Masturbação é desenvolvimento auto-sustentável?
. Cu de bêbado é propriedade privada, companheiro?
. Movimento estudantil não é contagioso.
. Plantando orégano para colher maconha.


Enquanto isso, em Davos...
Líderes mundiais, bilionários das mais diversas etnias e amigos do Luciano Huck de todo o mundo se reúnem para colocar a fofoca em dia fumando charutos acesos com notas de cem dólares.

No último encontro eles chegaram a comentar sobre o Fórum Social, mas sem muita preocupação, o que já era previsível. Com alguns bilhões de dólares na conta, é difícil você se preocupar com alguma coisa diferente de mulheres, carros e viagens. Ô vida chata...

Arquivo da seção: Destaques

 Envie este artigo para um amigo:
 Email do amigo:
 

 Seu email:
 

 Mensagem (opcional):
 
 


Chegaram as camisetas do Timelei!



O futuro é agora



Chique é ser rico!


Dangerous
Triste Realidade
Erguei as mãos! O maior truque do Diabo não é fazer todos acreditarem que ele não existe. Também não é a parceria com a Igreja Universal, onde ele ganha uma comissão para aparecer duas vezes por semana (só quando tem gravação para o...
Sessão devedê II
Vende-se raquetes usadas.
Com muita coisa na cabeça
moblog dos cool hunters da revolucaum dos ddos