Timelei - Porque acreditamos em sexo à primeira vista!
Cheque especial é o ópio do povo.  
 • Destaques
 • Plantão
 • Top10
 • Imagens
 • Blog

  Guru:
 • Mahatma Melei


  Esportes:
 • Enfiando a Bola



 • Newsletter
 • Anuncie
 • Fale Conosco

 • Timelei em RSS




 • Home
 • Destaques
 • Plantão
 • Top 10
 • Imagens
 • Mahatma Melei
 • Esportes
 • Blog

 • Newsletter

 • Anuncie

 • Fale Conosco


O futuro é agora


Chique é ser rico!



 •  junho 2006
 •  maio 2006
 •  abril 2006
 •  março 2006
 •  fevereiro 2006
 •  outubro 2005
 •  setembro 2005
 •  julho 2005
 •  junho 2005
 •  maio 2005
 •  abril 2005
 •  março 2005
 •  fevereiro 2005
 •  janeiro 2005
 •  dezembro 2004
 •  novembro 2004
 •  outubro 2004
 •  setembro 2004
 •  agosto 2004
 •  julho 2004
 •  junho 2004
 •  maio 2004
 •  abril 2004



 



O dia-a-dia de quem acredita em sexo à primeira vista.

Devaneios, contos, observações, notícias, masturbação mental, chutes, cultura inútil, inutilidade útil. A vida em dose dupla, sem gelo, sem mentira, sem viadagem.


 


30.11.04

Guia de Banheiros Timelei - Banheiro do Vaticano



É uma merda estar na rua doido para soltar aquele churros e não ter um banheiro adequado para tal. Na verdade, não é uma merda e a merda é justamente essa.

Para tirar do sufoco milhares de jovens angustiados é que chega esse guia. Você nunca mais suará frio sem saber se o banheiro do boteco da esquina é asseado, se é pecado soltar o terço na pivada da igreja ou se é uma boa pedida acessar o banheiro do cyber café para fazer um download com a sua banda larga.

Os critérios foram bem simples. Munidos de um rolo de papel na mão e uma merda no cu, nossas nádegas cabeludas e sebentas avaliaram os banheiros sob o seguinte critério: facilidade, limpeza, acessórios, últimos visitantes, conteúdo literário e finalmente, ventilação.


Nenhum banheiro escapou de nossos olhos abertos:

Não vale a merda deixada.




Alivia mas não convence.




Tão limpo que você poderia jantar no bidê.




Banheiro do Vaticano

Depois de visitar a Disney nós seguimos nossa viagem pelos grandes parques de diversão temáticos e não podíamos deixar de lado o mais esquecido, deserto e insosso parque europeu: o Vaticano.

Diferente de uma viagem aos Estados Unidos, fazer turismo ou até mesmo cocô na Europa é muito chato. Enquanto na América todos estão cagando e andando para o que você esteja fazendo desde que financie o "American and World Way of Life", na Europa não é permitido dar um passo sem se importar com o “valor histórico para a população mundial” de qualquer prédio, monumento, estátua ou privada que você passa. Por um lado isso é bom, já que é uma oportunidade única de você colocar a bunda onde vários personagens do seu livro de história do segundo grau também já colocaram. Imagina soltar uma obra de arte barroca no mesmo banheiro que Napoleão cagou, repetindo inclusive a mesma posição em que o dito cujo perdeu a guerra.

Então vamos à baboseira histórica. O Vaticano é o menor país do mundo e suas terras foram doadas para Igreja em 756 pelo rei dos francos: Pepino, o Breve. Como a justiça naquele tempo era lenta, a escritura do terreno só saiu em 11 de fevereiro de 1929 pelo tratado de Latrão. Até hoje, renomados historiadores de pré-vestibular contestam essa lenda. Se a Igreja tomou as terras de vários camponeses e até mesmo de governos, o tratado não seria de Ladrão? Como alguém pode se preocupar em doar terras, dinheiro ou qualquer outra coisa à Igreja durante o carnaval? E, finalmente, como um rei chamado de “pepino” pelos francos, o povo mais honesto que já se conheceu, pode ser breve?

Nas dependências do Vaticano acontecem diversas atividades interessantes. A parte mais alegre é a ala escolar onde padres e crianças interagem de maneira única com brincadeiras inocentes como pique-esconde, salada mista e jogos de queimada. Na ala profissionalizante encontramos jovens padres aprendendo o básico da profissão, com aulas que vão desde como se comportar na cena de casamento no último capítulo da novela até verificar se o altar não tem nenhuma bomba para padres irlandeses. O refeitório também é muito agradável para quem aprecia um bom vinho. Para comer é um tanto fraquinho, pois eles só servem pão e peixe desde a sua fundação. Os administradores afirmam que ainda é a sobra do milagre da multiplicação. A grande atração fica para a noite, com o show axé do Papa cantando os grandes sucessos do “Samba Terra”. O auge da apresentação é a canção número um de todos os padres católicos: “Marcha ré”. A música levanta a poeira do Vaticano quando o pontífice canta o refrão:

Passa a primeira
Treme treme treme treme treme treme treme sem parar
A segunda
Treme treme treme treme treme treme treme sem parar
A terceira
Treme treme treme treme treme treme treme sem parar
Engate a ré ré ré ré

banheiro_vaticano.jpgO Vaticano ganharia a nota máxima se nosso guia fosse sobre diversão, porém no quesito banheiro é onde o diminuto país possuiu as suas piores falhas. Banheiro é um lugar, sobretudo, de privacidade. Coisa realmente impossível nas terras sagradas. Lá você anda o tempo todo com Jesus e só Satanás consegue cagar sozinho. Os mictórios santos são até legais, mas a casinha é lamentável. Você simplesmente não consegue ter a paz de Cristo quando tenta mandar o sermão para louça. Primeiro que você senta e começa a ficar preocupado com os inúmeros e antigos recadinhos matemáticos na porta: “Todo dia rezo 1/3 para achar 1/2 de levar um menino para 1/4.” Quando você consegue esquecê-los e começa a tentar a fazer o milagre da transformação da comida em excremento, aparece alguém no reservado do lado no intuito de incentivá-lo: “confesse seus pecados, meu filho.” Então você perde a concentração e o filho pródigo retorna à sua bunda. Impossível! Se um dia você for ao Vaticano e conseguir cagar, levante as mãos para o céu: é um milagre!




:: Permalink ::



29.11.04

Os apelidos


Quando você é criança uma das coisas que mais te coloca medo é o cara que coloca apelido nos outros. Eles são como um acidente de carro. Uma hora você é um motorista e de repente BLAM: você se torna um coadjuvante do Plantão Médico deixando o George Clooney um cara mais interessante.

Esses caras que colocam apelido são uns assaltantes. Você está muito bem andando na rua e falando com a sua namorada no celular: “Oi meu amor! Eu tô andando na Uruguaiana, tenho um celular lindo e ainda te amo” e BLAM: o “pedestre apaixonado com celular” vira “o babaca quer não sabe que não pode falar com o celular na rua”.

É assim que os apelidos acontecem. Nada premeditados. Você não acorda, olha para o espelho e descobre que por conta da sua cabeça grande seria melhor você ser chamado de Cotonete ao invés de Anderson. O apelido surge em qualquer roda de colegas no mundo inteiro. Uma espécie de batismo entre amigos. Você é batizado perante Deus quando é pequeno e batizado perante os diabos dos seus amigos depois que cresce.

Apelido bom é sempre aquele colocado pelos outros. Tem uns e outros que tentam ser “apelideiros” - como não sei o nome desses caras que colocam apelido, vou apelidá-los de “apelideiros” – de si próprios e isso nunca dá certo. Ele também tem que ser estranho e inesperado para ser bacana. Tipo, chamar um narigudo de narigôndola (nariz+gôndola) é muito mais interessante do que o insosso pinóquio.

Inclusive, narigudo tem uma cacetada de apelidos possíveis: tucano, tamanduá, elefante, papagaio, pinóquio, fornalha, narigudo, nariroca, narigôndola, nariz de nóstodos, naza, bisnaga, judeu, italiano, foguete, consolo, aspirador de pó, rouba-ar, alegria da boca-de-fumo, Gerard Pardieu, Luciano Huck, Roto Rooter, banana, etc etc etc.

É normal que muita gente fique puta da vida com esses caras. Mas se você acha que eles terminam a vida sem emprego e sem amigos, está enganado. Os ruins se tornam numerólogos e os bons marketeiros.

Os numerólogos são as piores pessoas para colocar apelido E o pior que eles são os escolhidos da sociedade como “Apelideiros oficiais”. Mas eles só fazem besteira. Por exemplo, um numerólogo decidiu que a Sandra de Sá deveria ser Sandra Sá, ou vice-versa. Quem sabe? Ninguém! E sabe por quê? Porque continuaremos a chamá-la de “A Marrom”. Dessa forma a Sandra continua fudida e a Alcione cheia de grana.

Que espécie de oráculo um numerólogo utiliza para ver o futuro, afinal? Uma cartomante usa o tarô, uma quiromante usa a mão da pessoa e o numerólogo? Usa a tabuada? “É meu amigo, 2x2=4 e você não vai viajar nesse carnaval!”.

Os bons “apelideiros” acabam na publicidade. Mas eles não ficam batizando novos produtos, eles são os responsáveis por aqueles slogans e frases que marcam o produto para sempre.

- Olha, Sr Henrique, nós inventamos esse treco aqui. É uma palha de aço basicamente utilizada na limpeza de panelas, mas precisamos de um slogan legal.

Por perto, sempre tem um engraçadinho que tenta roubar o poder de colocar apelido dos outros. Uma espécie de numerólogo frustrado.

- Ai, Henrique, eu já vi essa palha de aço e o negócio é um bolo preto de fiapos juntos. Parece uma buceta. Então eu pensei no slogan: você não pode viver sem isso! Que tal?

Mas um verdadeiro “apelideiro” sempre matuta uns cinco segundos antes de tomar a sua decisão

- Parece uma buceta...buceta...buraco que sai o neném... xixi... menstruação... TPM...fede pra danár ...mas é gostoso ...chave do sucesso para muitas mulheres.... perdição para outras... Porra! uma buceta tem muitas utilidades! Um bom slogan seria 1000..não! 1001 utilidades!

- Na mesma hora aquela encalhada do atendimento da agência saí com os biquinhos de peito durinhos para falar com os maconheiros da criação o novo slogan do produto. E o “numerologo” sem entender nada pergunta:

- Porque 1001 e não 1000 utilidades?

- Pense bem, gafanhoto! Você não falou buceta? O número 1001 parece uma mulher de perna aberta levando uma varada que só as bolas ficam de fora.

- Muito bem pensado, Henrique. Muito bem pensado!




:: Permalink ::



22.11.04

Guia de Banheiros Timelei - Banheiro da Disney



É uma merda estar na rua doido para soltar aquele churros e não ter um banheiro adequado para tal. Na verdade, não é uma merda e a merda é justamente essa.

Para tirar do sufoco milhares de jovens angustiados é que chega esse guia. Você nunca mais suará frio sem saber se o banheiro do boteco da esquina é asseado, se é pecado soltar o terço na pivada da igreja ou se é uma boa pedida acessar o banheiro do cyber café para fazer um download com a sua banda larga.

Os critérios foram bem simples. Munidos de um rolo de papel na mão e uma merda no cu, nossas nádegas cabeludas e sebentas avaliaram os banheiros sob o seguinte critério: facilidade, limpeza, acessórios, últimos visitantes, conteúdo literário e finalmente, ventilação.


Nenhum banheiro escapou de nossos olhos abertos:

Não vale a merda deixada.




Alivia mas não convence.




Tão limpo que você poderia jantar no bidê.




Banheiro da Disney

O sonho de toda criança é dar uma bela barrigada no banheiro da Disney. Só na terra encantada da magia e fantasia o pequeno rebento pode cagar ao lado de seus maiores ídolos como Tio Patinhas, Rei Leão ou o Ursinho Puffy –esse último, caso o moleque goste de usar o buraco na mão-dupla. O único que mesmo com toda a sorte do mundo ele nunca irá encontrar no banheiro do parque é o próprio Pato Donald, que como todo bom pato come e caga automaticamente, deixando certas partes do famoso parque nojentas.

Encontrar um guia brasileiro para nos conduzir pelo maravilhoso parque não foi nada complicado. Encontramos um mineiro de Governador Valadares que topou nos liderar em troca de alguns pães de queijos. Rapidamente nosso guia percebeu que ele mesmo já estava precisando ir à casinha, pois comer pão de queijo de dois dias anteriores e depois de ser pressurizado e despressurizado no avião não é nada bom para a fauna, flora e todo eCUssistema intestinal.

Nosso guia não ficou intimidado em mandar um Estela Barros logo ali na bilheteria do parque. Abismados, tentamos persuadi-lo em desistir de ser um Mogli e usar o banheiro. Ele rebateu imediatamente com a máxima: Brasileiro na Disney é assim mesmo, quando não faz merda na saída, faz merda na entrada.

E por falar em merda, ô coisinha difícil de segurar enquanto você anda em elevadores que despencam de alturas monstruosas ou em montanhas russas que dão mais voltas que enredo de novela. O grande desafio de quem quer desenhar o Mickey na louça da Disney é não se cagar de medo, ou quando está brincando em alguma atração ou quando ver que pelo câmbio do dia você está pagando 10 reais em uma latinha de coca-cola quente.

Acredite, fechar o cu é uma tarefa primordial no famoso reino da fábula caso você também queira manter a sua integridade sexual. O número absurdo de bibas fantasiadas fazendo pegação no banheiro é alarmante. Se você não é nenhum pateta notará os bambis no banheiro segurando o dumbo pelas orelhas enquanto engolem a tromba. E de deixar qualquer um pluto da vida!

O reservado em si é uma decepção. Depois de tantos aparatos eletrônicos por todo o parque, acreditávamos que existiria algum aparelho que deixaria a nossa bunda branca depois de descarregar o anão na privada e não um simples rolo de papel Neve. Para quem é fã da família Disney ai vai uma dica: é melhor procurar um jardim de infância e utilizar uma revistinha para limpar a bunda a viajar até Patópolis e depois ficar com Peninha do dinheiro gasto.




:: Permalink ::



17.11.04

Moscou Urgente


Parece que o Timelei deixou algum Vladimir putin da vida.




:: Permalink ::



16.11.04

Propaganda Online


Banner do site http://www.virgula.com.br/empregos

banner_empregos.gif

Como assim faça como eu? Antes de tudo, se eu fosse um desenho escroto preferiria ser um personagem do Arnaldo a ser garoto propaganda em um banner sujo de site de empregos. Hoje em dia até emprego virtual é uma merda mesmo...




:: Permalink ::



10.11.04

Sentido bíblico das palavras


Existem expressões que ouvimos - principalmente das bocas de pais e avós - e entendemos o significado apesar de desconhecermos completamente a origem.

A utilização do "sentido bíblico" é um bom exemplo disso. Eu só entendi de primeira que "Fulano conheceu Beltrana no sentido bíblico da palavra" significava que rolou sexo consensual entre as duas partes porque quem me disse isso deu aquela levantada de sobrancelha, mudou a voz e terminou com um "Se é que você me entende". Todas atitudes típicas de quem está falando alguma sacanagem.

Se dependesse de uma análise semântica, gramatical, ortográfica ou mesmo de um bom chute para descobrir o "sentido bíblico" eu estaria mais perdido do que o Pelé tentando lembrar o nome de todos os filhos.

Afinal, alguém pensaria que "sentido bíblico" tem alguma relação com sexo? Pedofilia poderia até ser, mas isso por culpa exclusiva dos padres salientes, uma vez que o uso da bíblia não é monopólio da Igreja Católica Apostólica Michael Jacksoniana.

Otimista que sou, no máximo imaginaria que o "sentido bíblico" significa que Fulano conheceu Beltrana em um jantar com mais doze pessoas, onde foi servido muito pão e vinho, e o coitado que ficou por último na mesa teve que ser crucificado para pagar a conta.

Também me intriga muito não exista um "sentido Universal do Reino de Deus da palavra" para dizer que você conheceu um caloteiro a quem emprestou dinheiro ou um "sentido islâmico da palavra" para falar sobre aquele seu amigo de pavio curto.




:: Permalink ::



04.11.04

Você quer rir?


Um tal de "Brian Boitano" me mandou o link para o blog dele, e incrivelmente eu achei legal e adicionei aos meus Feeds. No blog "Quero Rir" o cara fica catando links de coisas engraçadas na rede.

Tem bastante coisa legal lá, inclusive uma página sobre Leon Eliachar, que caso você não conheça, deveria.

Vale a pena dar uma visitada.




:: Permalink ::



04.11.04

Celebridades Orkutianas


Um amigo me enviou uma mensagem falando das figurinhas do Orkut. Devido a sua lentidão e inutilidade eu não uso muito o Orkut, então para mim isso é novidade. Mas gostei de saber que alguns ícones meus também estão no Orkut.

O Dr e seu ajudante não são muito bem relacionados. Tirando o Bush, quem iria fazer amizade com macacos que querem controlar o mundo?

orkut_karas.jpg

Dr. Hannibal tem uns 3 ou 4 clones no Orkut. Acho que é a escolha mais óbvia para quem está tentando comer alguém na grande rede de relacionamentos.

orkut_lectar.jpg

"Um grande achado" - assim mesmo, entre aspas.

orkut_minime.jpg

P.s: Sim, eu estava pesquisando sobre Habib´s no Google. Estava procurando o http://www.habibsdelivery.com.br para pedir um Beirute em homenagem a vitória do Bush! :-p




:: Permalink ::