Timelei - Porque acreditamos em sexo à primeira vista!
Cheque especial é o ópio do povo.  
 • Destaques
 • Plantão
 • Top10
 • Imagens
 • Blog

  Guru:
 • Mahatma Melei


  Esportes:
 • Enfiando a Bola



 • Newsletter
 • Anuncie
 • Fale Conosco

 • Timelei em RSS




 • Home
 • Destaques
 • Plantão
 • Top 10
 • Imagens
 • Mahatma Melei
 • Esportes
 • Blog

 • Newsletter

 • Anuncie

 • Fale Conosco


O futuro é agora


Chique é ser rico!



 •  junho 2006
 •  maio 2006
 •  abril 2006
 •  março 2006
 •  fevereiro 2006
 •  outubro 2005
 •  setembro 2005
 •  julho 2005
 •  junho 2005
 •  maio 2005
 •  abril 2005
 •  março 2005
 •  fevereiro 2005
 •  janeiro 2005
 •  dezembro 2004
 •  novembro 2004
 •  outubro 2004
 •  setembro 2004
 •  agosto 2004
 •  julho 2004
 •  junho 2004
 •  maio 2004
 •  abril 2004



 



O dia-a-dia de quem acredita em sexo à primeira vista.

Devaneios, contos, observações, notícias, masturbação mental, chutes, cultura inútil, inutilidade útil. A vida em dose dupla, sem gelo, sem mentira, sem viadagem.


 


29.07.05

Preconceitos que apertam o peito


Acredito ser um legítimo “cabeça aberta”. Respeito a opinião dos outros e se não respeitarem a minha também não faço questão de ficar gritando até alguém ouvir. De fato, acho que estou entre as cinco pessoas mais liberais e que não gostam de fio-terra que conheço.

Admito, no entanto, que ainda não consegui superar certos preconceitos. Quer dizer, nem sei ao menos se realmente desejo superá-los. Aquele macacão jeans da Gang, por exemplo, realmente incomoda a minha pessoa.

Nada contra o fato das mulheres que o usam geralmente forçarem aquele charme “puta-fashion”. Defenderei até a morte o direito de ir e vir das vagabundas de todo o mundo. Aliás, devo algumas das melhores noites da minha vida a vagabundas que foram e vieram num ritmo frenético, sem parar, de ladinho, no roça-roça ou mesmo no papai-e-mamãe. O que não dá para suportar é o mau gosto de quem veste aquele macacão a Gang.

Falando sério, aquele troço fica tão apertado que a mulher parece um presunto embalado da seção de frios do supermercado. Para ficar igual mesmo, falta apenas o moleque vendado da Sadia passando a mão para testar o produto.

O sistema de vestimentas à vácuo funciona muito bem quando feito no formato de uma calça, e disso nenhuma mulher que tem bunda caída pode discordar. Mas quando passa para o resto do corpo a história complica.

A situação piora ainda mais porque quem gosta desse macacão, na maioria das vezes, faz parte do grupo de vagabundas de baixa estatura física. Com o azul do jeans e aquele aperto todo, as desgraçadas saem de casa parecendo uma smurfete de bunda grande. Alguém, em algum lugar do mundo, certamente tem o bizarro fetiche Gargamel de comer uma mulher nanica de cor azul. Felizmente esse não é o meu caso.

Perdoem meu desabafo. Acontece que isso realmente me revolta e espero que vocês compreendam. Numa próxima oportunidade explicarei porque aquelas camisas femininas que trazem dizeres como “sexy” ou “hot” na altura do peito são ridículas.




:: Permalink ::



19.07.05

Famosas últimas palavras: Aiou Silver!


Parecia mentira, mas é mesmo uma dolorosa verdade. Quer dizer, ao menos para o homem que morreu ao ser sodomizado por cavalo nos EUA, porque toda nossa redação está rindo até agora.

A vítima de 40 anos sofreu graves lesões internas e seu corpo foi deixado por desconhecidos em um hospital de Seattle, no dia 2 de julho, pouco depois do ato. "Seu cólon rompeu, como os órgãos inferiores da mesma região, e a hemorragia o matou", segundo os médicos.

Esticar as canelas empalado por um bicho excitado com algum nome carinhoso tipo “Malhadinho” certamente está no Top 5 de mortes horríveis de qualquer ser pessoa normal. Só falta decidir se fica antes ou depois de morrer afogado ou queimado.




:: Permalink ::