Timelei - Porque acreditamos em sexo à primeira vista!
Cheque especial é o ópio do povo.  
 • Destaques
 • Plantão
 • Top10
 • Imagens
 • Blog

  Guru:
 • Mahatma Melei


  Esportes:
 • Enfiando a Bola



 • Newsletter
 • Anuncie
 • Fale Conosco

 • Timelei em RSS



 • Utilidade Pública


 • Home
 • Destaques
 • Plantão
 • Top 10
 • Imagens
 • Mahatma Melei
 • Esportes
 • Blog

 • Newsletter

 • Anuncie

 • Fale Conosco


O futuro é agora


Chique é ser rico!



 •  fevereiro 2006
 •  maio 2005
 •  abril 2005
 •  março 2005
 •  fevereiro 2005
 •  janeiro 2005
 •  novembro 2004
 •  outubro 2004
 •  setembro 2004
 •  agosto 2004
 •  julho 2004
 •  junho 2004
 •  maio 2004
 •  abril 2004



 



Tão honesto quanto qualquer dirigente. Tão sutil quanto qualquer zagueiro. Tão infalível quanto qualquer juiz. Tão imparcial quanto qualquer torcedor. Tão verdadeiro quanto qualquer noticiário esportivo.


 


29.10.04

Futebol fere dois e mata mais um


Uma das maiores ameaças que estamos passando depois da guerra do tráfico, da Aids e de Darth Vader com certeza é o futebol. Antes do recente caso de Serginho, do São Caetano, o mundo assistiu a vidas serem tomadas em tragédias parecidas. E o que é pior, acompanhamos tudo em uma transmissão da TV aberta e muitas vezes com comentários imbecis do Silvio Lancelot.

Em Janeiro desse ano o jogador húngaro Miklos Feher morreu de parada cardíaca quando atuava pelo Benfica, de Portugal. Na autópsia ficou comprovado o entupimento das artérias devido ao excesso de bolinho de bacalhau.

Marc-Viven Foe, jogador de Camarões morreu em junho do ano passado, durante a partida contra a Colômbia pela Copa caça-níqueis para as Confederações na França. Foi a primeira vez que a população mundial ficou estarrecida ao presenciar um camarão sendo fritado.

Alguns dias depois, o zagueiro Max do Botafogo de Ribeirão Preto morreu durante um coletivo. Fontes informaram que a tragédia ocorreu logo após ele receber a notícia de uma possível transferência para o decadente alvinegro carioca.

Na quarta-feira, no mesmo dia do falecimento de Serginho, o futebol lançou suas mãos negras em mais dois jogadores. O atacante senegalês Khalilou Fadiga, do time inglês Bolton, sofreu uma parada cardíaca quando fazia o aquecimento para uma partida pela Copa da Liga Inglesa. Felizmente, a fadiga no coração de Fadiga não foi suficiente para matá-lo.

Não satisfeito, o futebol traiçoeiramente tentou retirar o sopro de Deus de mais uma alma desportiva. O meia Costinha, do Porto e da feliz família Escolari, sofreu traumatismo craniano ao ser atingido na cabeça por uma joelhada dada por Flavio Meireles, jogador do Vitória de Guimarães. Ele foi submetido a exames que constataram que a lesão não foi grave graças ao seu diminuto cérebro português.

Porém o soldado Arilson dos Santos Moraes não teve a mesma sorte na noite da última quinta-feira. Depois de sair de uma partida de futebol no Campinho, bairro do Rio de Janeiro, o soldado foi morto a tiros por homens armados. Essa é mais uma das inúmeras tragédias que continuaremos vendo enquanto as autoridades não tomarem uma providência contra esse vilão execrável e abjeto que se chama futebol.




:: Permalink ::



29.10.04

A Decadência do Futebol Carioca


Com Vasco da Gama, Flamengo e Botafogo brigando para não serem rebaixados, e o Fluminense iludindo seus torcedores com um possível timaço de estrelas almejando uma impossível classificação para Libertadores, muitos constatam que o futebol carioca morreu e também merecerá uma velinha nesse feriado de Finados.

O futebol é uma importante célula da nossa sociedade, e a decadência do mesmo acaba se refletindo e tendo conseqüências na mesma. O Vasco, apesar de ser o único dos quatro grandes clubes que tem sua sede na Zona Norte do Rio, sempre foi um time de classe média para alta. Hoje já podemos ver fotos como a de Paulo Sérgio Omena Santos, AKA-47 Magrinho, AKA-47 Bicudo, AKA-47 Bicho Ruim do Jacarezinho, um dos bandidos mais procurados do Rio de Janeiro.

reza_fla.jpgOutro exemplo foi visto ontem na Igreja de São Judas Tadeu, o padroeiro das causas impossíveis. Vários torcedores do Flamengo vestiram a imagem do santo com bandeiras, camisas e bonés do time, acreditando que o santo conseguiria salvar o time, coisa que o maldito elenco não consegue.

Porém, como todo bom Judas, o santo também é traiçoeiro e se recusou a salvar um time que tem no elenco Dimba, que é feio como o capeta. Sem saída, ao presidente Márcio Braga só restou uma solução: pedir a extrema-unção ao bispo.

Enquanto isso, torcedores de Botafogo e Fluminense olham invejosamente para o time do São Caetano. Se for para o Futebol Carioca morrer que seja de um ataque fulminante e não lentamente como está ocorrendo há anos.




:: Permalink ::



26.10.04

Utilidade Pública


Bom dia!

Trabalho e estudo na UNIPAC na cidade de Juiz de Fora e estou organizando um torneio interno com as modalidades: futsal, volêi e handebol. E Estou precisando de modelos de súmulas, será que vocês poderiam me ajudar?
Obrigada! -
Cris Moura

Bom dia Cris!

Mas é claro que poso te ajudar. Como você deve saber, o Timelei/esportes é especializado em diversas modalidades em categorias amadoras e profissionais.

Caso queria que nossa equipe cubra o seu evento será um prazer. É só enviar uma mensagem solicitando o endereço para o envio das passagens, credencias, dados do hotel, etc..

Aqui embaixo estão os links das súmulas solicitadas, lembrando que possuímos súmulas de qualquer modalidade, até mesmo as mais difíceis como Bocha, Taco de rua, Pipa e Rinha.

Espero ter ajudado!

Beijos

Clóvis Dutra
Gerente de esportes Timelei.com

Súmula Vôlei
Súmula Futsal
Súmula Handebol




:: Permalink ::



26.10.04

Ai meu Flamengo...




MELADO NO ORIFÍCIO PRADO



Vou logo avisando, que essa semana, só para variar, eu só vou falar do meu menguinho. Então se você não gosta, pode ir procurar um colunista de verdade para ler.

Perder para o Vasco e no pacote ficar pertinho da zona do rebaixamento é de me deixar estressada. É como ir a uma festa que só tenha mulher. Pior, é ir a uma festa que só tenha passiva.

Passiva. Essa é a palavra que sintetiza a alma do Flamengo. Foi de maneira passiva que Júnior Baiano e André Bahia viram o ataque bacalhau mandarem batata atrás de batata para o gol de Júlio César. Foi de maneira passiva que Felipe aceitou a sua marcação. Foi de maneira Passiva que o técnico Ricardo Gomes viu a tudo isso, e quando mexeu, mexeu mal.

Inclusive de tanto mexer mal que estou começando a achar que esse Ricardão é virgem. Essa suspeita se reforça quando observo as péssimas escalações do time. Ora bolas, todo matador sabe muito bem eleger a sua presa, as suas armas e tudo mais que isso envolve. Ainda por cima, ele não tem padrão tático. É um menino de 15 anos te cantando, balançando as mãos freneticamente e gaguejando na hora de falar. Só um virgem que ainda acredita na desculpa “meu namorado está no banheiro” consegue levar um nó tático de Joel Santana.

***

Pela primeira vez em todos esses anos e picas no futebol, devo tirar o chapéu para o ilustríssimo senhor do mal e culpado por todas as coisas ruins no passado, presente, futuro e pretérito imperfeito do futebol brasileiro, quiçá mundial: Eurico Miranda.

Homenagear Júnior pelos os seus 857 jogos como jogador do Flamengo, tudo bem. Ele foi um vencedor e muito competente como tal. Pelos 76 jogos como técnico nem tanto. Júnior foi um pouquinho mais do que o Ricardo Gomes é agora. E, sinceramente, eu não precisava ter vivido tanto para ver esses 67 jogos dele como dirigente. Deu até saudades do Gilmar no mesmo cargo. Homenagear tal trabalho porco seria como o corno homenagear o amante da sua mulher.

***

Restam apenas nove jogos para acabar esse terrível campeonato. Uma coisa tem a favor dos meus meninos rubro-negrões, a nossa tabela é muito mais fácil de que nosso co-irmãos de mediocridade. Quem sabe, com sorte, veremos Vasco e Botafogo junto com Guarani e Grêmio na segundona? Nossa.. fico toda ouriçada só de pensar!




:: Permalink ::



05.10.04

O futebol carioca cai ou não cai?





:: Permalink ::



05.10.04

Tô de tromba!




MELADO NO ORIFÍCIO PRADO



Imagine uma suruba onde abaixo do anfitrião existam duas bibas distintas – uma de tão experiente tem até os poucos cabelinhos da bunda grisalhos e outra inexperiente que não sabe direito onde colocar a boca ou a mão. As duas se odeiam e vivem se arranhando e prometendo que vão afogar uma a outra no cuspe. Elas também tentam colocar ordem na suruba – onde já se viu – que está toda dividida. Para culminar, ao invés de jogar chantily e uma cereja em cima, os funcionários da suruba são orientados por um careca cabisbaixo e de pouca sorte. Como você pode dar certo em um lugar como esse?

É esse o quadro do meu estimado “Fla-Futebol”, que o meu querido presidente tinha o devaneio que dessa suruba nascesse o Fla-Empresa.

Gente, nada nasce de uma suruba. As pessoas gostam de uma sacanagem, mas sabem ser precavidas. As bibas colocam camisinha e os ativos a bunda na parede. E a Petrobrás já está tão familiarizada com esse quadro que o cu da empresa já cheira a cimento.

A voz da experiência avisa: quem freqüenta muito suruba acaba indo para aquela zona de quatro. Depois, na segunda divisão não adianta chorar.

Cresce e aparece, Márcio Braga!


***

Eu poderia gastar o espaço da minha coluna falando de outros times, mas como a minha hemorróida pulsa vermelho e preto, vou enrolar vocês com um monte de itens dispostos em uma grande lista para mostrar como sou esperta. Claro que eu esqueço tudo isso semana que vem caso o meus meninos rubro-negrões consigam uma vitória na próxima rodada. Mas vocês também esquecem e vão me achar o fodão dos colunistas esportivos. Bem, então vamos para lista da zona que está o mais arrombado do Brasil:


1 — Jogadores se recusam a mostrar suas coxas no treino e na concentração por conta do atraso nos salários.

2 — Boicote declarado a Dimba. Ele não tem amigos, não recebe passes, abraços quando faz gol e muito menos participa da briguinha de toalha molhada no vestiário.

3 — Os atletas vivem dando chilique contra o técnico carequinha e a diretoria trapalhona.

a) Felipe, o Garrincha do pau pequeno, reclamou quando pediram que não fosse convocado para a seleção, está muito fulo com o atraso dos salários e muito mais fulo com o fracasso de sua negociação com as bichas francesas – desculpe-me pelo pleonasmo – do Olympique.

b) Zinho, a enceradeira velha, sempre da piti quando é substituído.

c) Roger, o merdão, por ter sido barrado em um time tão ruim que Júnior Baiano é ídolo-artilheiro-líder.

d) Todo o time por ser obrigado a dar seu sangue na Volta Redonda.

4 — Um elenco pra lá de bizarro. Desde quando Wellington, Juliano, Reginaldo Araújo, Douglas Silva, Negreiros estão aos pés de ídolos e craques do passado como Maurinho, Zé Carlos e Charles Guerreiro?

5 — A falta de empenho em melhorar esse time o qual até um cara chamado Péricles Chamusca esnobou.

6 — Conseguiram encher o saco do melhor técnico que passou pelo time nesse ano e o sujeito pediu demissão em menos de um mês (PC Gusmão).

Listei aqui coisas que todo mundo está mais careca que Ricardo Gomes de saber. Mas só porque arrumei tudo de um jeito bonitinho e, ao contrário de vecês, tenho uma coluna na internet, eu vou parecer mais inteligente. Talvez até arrume um bofe hoje.

***

Chega de falar de Flamengo. Cansei. Vou para a minha fofoquinha básica, porque é disso que as bibas gostam. Ronaldo, o feromônio, chegou em Sampa ontem para o jogo da Seleção Caralinho no sábado. E quem estava ao lado dele, poderosa e puta da vida com as fotos que circulam pela internet de sua irmã gêmea mostrando os peitinhos? Ela mesmo.

***

Já tem gente que está disposta a engolir desaforo de olho na grana da despedida do bom velinho Romário. Ricardo Teixeira, no alto de sua limitada dignidade, afirmou que se o baixinho pedir, ele não só terá as camisas oficiais como também o próprio imperador Palpatine da CBF.

***

Ai, cansei. Tô de tromba.




:: Permalink ::