Timelei - Porque acreditamos em sexo à primeira vista!
Cheque especial é o ópio do povo.  
 • Destaques
 • Plantão
 • Top10
 • Imagens
 • Blog

  Guru:
 • Mahatma Melei


  Esportes:
 • Enfiando a Bola



 • Newsletter
 • Anuncie
 • Fale Conosco

 • Timelei em RSS




 • Home
 • Destaques
 • Plantão
 • Top 10
 • Imagens
 • Mahatma Melei
 • Esportes
 • Blog

 • Newsletter

 • Anuncie

 • Fale Conosco


O futuro é agora


Chique é ser rico!



 •  fevereiro 2006
 •  maio 2005
 •  abril 2005
 •  março 2005
 •  fevereiro 2005
 •  janeiro 2005
 •  novembro 2004
 •  outubro 2004
 •  setembro 2004
 •  agosto 2004
 •  julho 2004
 •  junho 2004
 •  maio 2004
 •  abril 2004



 



Tão honesto quanto qualquer dirigente. Tão sutil quanto qualquer zagueiro. Tão infalível quanto qualquer juiz. Tão imparcial quanto qualquer torcedor. Tão verdadeiro quanto qualquer noticiário esportivo.


 


05.11.04

Em mantéria de "segundo" Rubinho será sempre o primeiro


O piloto brasileiro da Ferrari, Rubens Barrichello, anunciou nesta sexta-feira que a sua esposa, Silvana, perdeu o bebê de três meses que esperava e seria o segundo do casal.

Barrichello provou que até quando o seu espermatozóide é pole position, o carro quebra durante a corrida.

“De segundo nesta casa sou só eu” - afirmou o piloto.




:: Permalink ::



05.11.04

Bebeto lança livro de auto-ajuda


O ex-jogador Bebeto lançou o livro de auto-ajuda "Você também pode ser feliz". A obra ensina a enfrentar as adversidades da vida de uma maneira máscula e madura: chorando.

Bebeto disse estar muito contente com a produção do livro e destacou a importância de sua esposa, Denise, na sua vida. Ela foi sua procuradora durante sua vida profissional, editora do seu livro, incentivava o jogador durante os treinamentos e momentos difíceis do futebol e ainda deu a idéia daquela comemoração aboiolada que virou símbolo da conquista de 94.

O livro bem fininho conta com apenas um capítulo onde o jogador aconselha a busca de uma mulher de fibra e inteligente para controlar a sua vida caso você seja frouxo. Ele pode ser comprado no site oficial do Bebeto onde sua esposa é também a webmaster.




:: Permalink ::



05.11.04

Bolivianos estão sentando no chucrute


Cerca de 69% de bolivianos acha que a seleção do país não se classificará para a Copa do Mundo da Alemanha 2006. Os outros 31% estão vivendo em uma miséria de dar gosto e estão pouco se importando para o futebol, segundo o jornal local "La Razón".

A oito rodadas do fim das eliminatórias sul-americanas, a Bolívia está em último lugar, empatada em 10 pontos com o Peru e a Colômbia.




:: Permalink ::



05.11.04

Um time como a torcida gosta


A torcida do Flamengo nunca exigiu que seus jogadores fossem geniais ou que a diretoria montasse um supertime. A única coisa que eles exigem é raça. Um time que brigue até o último momento. E isso ela vem tendo.

A diretoria briga com os jogadores que brigam entre si e com a torcida que briga com a diretoria que briga com o técnico que briga novamente com o time onde todos brigam com o Dimba.

O atacante milionário, por sua vez, trava uma briga pessoal tentando provar que não é o mais feio no mundo do futebol. Para tanto, Dimba deixou a Gávea hoje ao lado de seu segurança particular apelidado de Pitbull, que é mais feio do que o próprio capeta, ou seja, mais feio que o próprio Dimba.

No intuito de deixar as coisas mais rubras no clima negro que assola o Flamengo, o técnico Andrade declarou que gostaria de ver o time jogando de maneira mais gaúcha e acabou deixando ainda mais tensa a situação. Ninguém entendeu se ele quer um Flamengo mais “Internacional” ou mais “Grêmio”.

Para contornar a situação o técnico explicou que ele gostaria de ver os seus jogadores em campo como os gaúchos. Em cima do adversário o tempo todo e comendo bola. Se analisarmos direitinho a performace do Flamengo no campeonato, podemos apontar uma semelhança com os gaúchos: o time vive tomando dentro.




:: Permalink ::



05.11.04

Ordem no Vasco é fechar o centro. No dos torcedores não passa nem pensamento.


A turma do departamento médico de São Januário já se prepara para a próxima temporada que promete ser de muito trabalho. Com a chegada de Romário – forte candidato a ser o próximo a morrer em campo - os médicos do clube convocaram todos os jogadores do ataque para irem treinando todas os possíveis problemas que o baixinho pode ter em 2005.

O time da enfermaria conta com seis jogadores: Róbson Luiz e Petkovic no meio campo Muriqui e André Silva pelas pontas e Marco Brito e Anderson fechando na área. Se incluirmos o goleiro Márcio que também está entregue ao departamento, o Vasco só espera uns dois zagueiros e dois cabeças de bagre para seguir os passos do Fluminense e assinar uma boa parceria coma Unimed.

Mas o técnico Joel não está nem um pouco preocupado com tantos jogadores lesionados. Muito pelo contrário. Sem ninguém para escalar no ataque o Natalino pode realizar um antigo sonho, e formar um time só de cabeças de áreas.

O time bisonho - que os únicos que irão ver serão aqueles vascaínos malucos de terem comprando o pay-per-view na esperança do time fazer um milagre no campeonato - terá o meio de campo mais tosco jamais visto com uma cruz de malta no peito: Ygor, Coutinho, Silva e Rodrigo Souto. Isso sem mencionar o volante Emerson, um dos sérios candidatos a conduzir a nau para a segunda-divisão. Isso se o Flamengo e o Botafogo deixarem, é claro.




:: Permalink ::



05.11.04

Corintians assina seu atestado de óbito hoje


Hoje a diretoria do Corinthians deve aprovar a parceria com o grupo estrangeiro (MSI) e transformar o iraniano Kia Joorabchian o novo Eurico Miranda do futebol brasileiro.

O temor nos bastidores do futebol paulista é grande. Jornalistas, dirigentes e todos os outros tipo de palpiteiros apontam a falta de transparência nas negociações e de ser desconhecida a origem do dinheiro que será injetado no clube, como um alarme de falcatrua.

Soma-se a isso o fato de Kia Joorabchian estar envolvido em negócios polêmicos no exterior e ter cinco diferentes identidades. Mais isso é tudo balela. O que os paulistas chamam de caos os cariocas chamam de “dia-a-dia no futebol”.




:: Permalink ::