Timelei - Porque acreditamos em sexo à primeira vista!
Cheque especial é o ópio do povo.  
 • Destaques
 • Plantão
 • Top10
 • Imagens
 • Blog

  Guru:
 • Mahatma Melei


  Esportes:
 • Enfiando a Bola



 • Newsletter
 • Anuncie
 • Fale Conosco

 • Timelei em RSS




 



Ele é astrólogo, iridologista, terapeuta, hippie, pompoarista e filósofo. Exercendo esta última, criou o estilo de vida calcado no sexo à primeira vista e na crença da existência da perfeição na forma de uma sueca peituda. Mande sua dúvida para este visionário: [email protected]


 


29.10.04

O Brasil vai perder a Amazônia?


Mr. Mahatma,

Li a reportagem abaixo e fiquei meio preocupado e gostaria de sua opinião sobre algumas dúvidas que me vieram a cabeça.

- - - - - - - -
Sexta, 22 de outubro de 2004, 18h29
Governo rebate acusação sobre ogivas nucleares

O Ministério da Ciência e Tecnologia divulgou hoje uma nota na qual rebate as acusações da revista Science, segundo a qual a capacidade de produção de urânio da usina brasileira de Resende, no Rio, seria suficiente para a até seis ogivas nucleares por ano. O governo manifestou "estranheza e perplexidade" em relação ao texto da reportagem, informou a Globonews.

- - - - - - - - - - - - -

Será que somos a bola da vez??? Será que seremos o um novo Iraque??? Será que o Bush, depois de tomar conta do petróleo iraquiano com a desculpa das bombas, quer levar um pedaço da Amazônia para ele com esse embrólio de ogivas nucleares??? A única coisa que vejo é que, se a parada rolar, junto com a Amazônia vai uma anaconda no rabo dele. E tenho dito. - Max


Prezado leitor interrogativo,

Não acredito que realmente existam motivos para temer pela segurança de nosso território. Pense bem:

. O presidente norte-americano George W. Bush provavelmente não lê a revista Science. Ela tem palavras difíceis e poucas figuras.

. Qual seria a vantagem de anexar a Amazônia aos Estados Unidos se eles já possuem o Havaí (que tem mais praias, mulheres e muito menos mosquito)? Os americanos não precisam da floresta toda para lucrar com a biodiversidade brasileira, basta eles continuarem alugando como já fazem.

. Esqueci de mencionar no ponto anterior que dançar Hula-Hula é muito mais divertido do que o ritual do Kuarup.

. Sem entraves na questão da biodiversidade, nada de realmente aproveitável sobra na Amazônia. A exportação de índios nunca foi um bom negócio e, sinceramente, o último produto realmente útil produzido pela cultura indígena foi o disco "Roots", com a banda Sepultura.

. Bush é um homem simples de gostos simples cujos hobbies são ditadores de bigode, explosões no deserto, soldados nas montanhas e negócios com petróleo. Controlar a produção mundial de panelas de barro confeccionadas à mão por índios certamente não está nos seus planos.

Espero que eu tenha ajudado mostrando que seus medos não possuem embasamento na realidade dos fatos. Fique tranqüilo. A soberania brasileira está assegurada para que possamos, livres de qualquer intervenção estrangeira, destruir o país sem pressa.

Mande sua dúvida: [email protected]




:: Permalink ::



26.10.04

O mestre ajuda mancebo a achar sua alma gêmea


E aí galera conectada, tô afim de arrumar uma namorada. Me ajuda véi, tô na maior seca!!!! Pelo o amor q vcs tem pela suas mainzinhas - Cleiton Souza


Prezado mão-peluda,

Alimento sérias preocupações quando penso na juventude de nossos dias. Sempre acreditei que a revolução sexual e todas as novas tecnologias de comunicação criariam uma estirpe de jovens articulados, espécimes nascidos na luta noturna e capazes de abater qualquer mulher sem grande esforço.

Infelizmente o tempo nos reserva surpresas desagradáveis, e agora acredito que a utilização excessiva de videogames e computadores começa a cobrar seu preço. Jovens sem noção da realidade como você, Cleiton, que passam a infância e adolescência olhando mulheres em apenas duas dimensões em caros monitores de plasma ao invés de procurar amiguinhas para brincar de médico, estão destinados ao fracasso ou, no máximo, a integrar o cadastro de clientes assíduos de casas de massagem baratas.

Tenho apenas um único conselho para você, jovem perdedor: use drogas pesadas.

Os narcóticos não vão torná-lo mais atraente para as mulheres, mas ao menos serão uma desculpa conveniente para os seus pais. Afinal, eles precisarão de algo além de seus próprios erros de julgamento enquanto educadores para culpar pelo seu fracasso como homem e reprodutor.

Mande sua dúvida: [email protected]




:: Permalink ::



25.10.04

A biografia de Mahatma - Parte 3


Quem tem medo de James Randy?

Um milhão de dólares é a quantia que James Randy oferece a quem o convencer de que poderes sobrenaturais existem. Particularmente, acredito que o simples efeito de uma famosa pílula azul seria sobrenatural o bastante considerando a idade avançada e o semblante tristonho de Randy.

Se alguém desejar testar minha teoria, fique à vontade. Eu não vou perder meu precioso tempo fazendo demonstrações de minhas habilidades para qualquer primo distante do Zagallo. Não preciso do dinheiro e muito menos dos fiscais do imposto de renda americano mexendo em minhas contas. Meus seguidores sabem onde encontrar a iluminação que precisam e indicam para os amigos. Minhas seguidoras trazem as amigas para fazermos pequenas festas privativas. Logo, também não preciso da publicidade do Fantástico. Sem mencionar que aparecer no mesmo programa que o Zeca Camargo não é uma idéia agradável.

Por último e não menos importante, quais são as garantias de pagamento que James Randy oferece? Eu só aceito cash, nada de cheques pré-datados ou títulos da dívida externa argentina. Sou mesmo um purista que valoriza as tradições sobre as quais foram construídas as bases de nossa sociedade. Outros gurus modernosos como Thomas Green Morton e Paulo Coelho aceitam cartão de crédito. Já o Bispo Macedo utiliza desconto direto na fonte.

Seres mesquinhos que não vislumbram a grandiosidade de meu trabalho dizem que eu sou um simples mercenário da luz. Para estes, recomendo a leitura de meus escritos ou uma rápida conversa comigo, mediante hora marcada e pagamento de uma pequena taxa de reserva. Acredito que, para quem deseja enxergar, minhas motivações são claras como uma ninfeta inocente do leste europeu dentro de uma banheira cheia de leite.

Eu caminho neste plano de existência porque todo dia, apesar da baixa taxa de natalidade nórdica, existe a possibilidade de uma sueca peituda dar a luz e perpetuar sua distinta linhagem.

Eu caminho neste plano de existência porque cerca de 50% da população mundial é composta de mulheres, então de cada duas pessoas que encontro todo dia uma pode terminar a noite em meus aposentos.

E, finalmente, eu caminho neste plano de existência porque é extremamente recompensador saber que, todo dia, acordo tarde com o espírito leve enquanto bilhões precisam levantar cedo e enfrentar hilárias oito horas de trabalho. Hilárias para mim, é claro.




:: Permalink ::



22.10.04

Leitor pede um "cunselho" ao Mestre


Para que serve os cabelos do cu? Eu já perguntei para médicos, amigos, mas ninguém consegue me fazer acreditar que eles possuem alguma vantagem. Aliás, eu só vejo desvantagem. Suja tudo quando vou "liberar o negão", embola com a bosta, passo meia hora limpando a bunda, enfim, para que serve essa porra? - Felipe


Prezado CUrioso esquisitão,

Excetuando algumas mulheres que descendem de velhas portuguesas cabeludas que chegaram no Brasil por volta de 1738, as fêmeas nacionais não costumam apresentar vasta cabeleira anal. Principalmente se demonstram algum zelo pelos seus parceiros, realizando uma providencial depilação da área de lazer e adjacências.

Sendo assim, salvo o caso de você possuir algum fetiche por mulheres de bigode, nenhuma cabeleira feminina deve ser motivo de real preocupação. Preciso esclarecer, no entanto, que estou presumindo um cenário dentro do universo heterossexual, onde homens se preocupam com a bunda feminina alheia.

Faço questão de repetir que estamos ainda no âmbito heterossexual da questão. Visto isso, relendo a pergunta, noto agora que a dúvida maior é sua própria bunda. O que, convenhamos, não faz muito sentido já que você dificilmente encara o problema de frente.

Mas agora, se sua preocupação é preparar a área para agradar o Pedrão Marmita, o seu colega de todas as horas e parceiro de novas descobertas, eu lamento não poder responder.

Sugiro que você acesse a página do Leão Lobo e repita sua pergunta. Acredito que lá seu problema será melhor compreendido.

Mande sua dúvida: [email protected]




:: Permalink ::



20.10.04

Salvem nossas criancinhas!


Mahatma pede a inclusão de Dado
Dolabella no Protocolo de Kioto

A infância é uma época preciosa da existência humana, quando a mente e o corpo em formação inspiram cuidados especiais. Pelas meninas devemos zelar para que não caiam em mãos inescrupulosas de pedófilos articulados, porém rijos. Os meninos precisam ser orientados a evitar o caminho do excesso precoce, principalmente quando as conseqüências são cegueira e cabelos na palma da mão.

Um jovem em fase de alfabetização, por exemplo, deve entrar em contato com os grandes nomes da literatura brasileira e mundial, como Monteiro Lobato, José Saramago e, claro, Mahatma Melei. Nenhum pai em sã consciência pode deixar um infante sozinho em uma banca de jornal nos dias de hoje. Afinal, assim como na internet, 80% do conteúdo de uma banca de jornal é putaria da mais alta qualidade e profundidade - faço questão de ressaltar que nesta estatística não contabilizei as sacanagens publicadas diariamente nos jornais.

Admito que uma afirmação desse calibre pode soar contraditória considerando minha conhecida orientação filosófica, mas o fato é que crianças em fase de alfabetização devem receber apenas pornografia leve, algo entre as bundinhas da novela das oito da Globo e os peitos inchados das madrugadas da Bandeirantes.

Se um infante obtém pornografia mais gabaritada antes do momento apropriado pode desenvolver uma fixação tipicamente freudiana que, na pior das hipóteses, leva à práticas sexuais pouco ortodoxas - como virar padre da Igreja Católica - e, nos casos mais leves, cria traumas fisicamente limitadores.

O desenvolvimento de pêlos na palma das mão durante a fase de alfabetização, interfere no aprendizado tanto pela dificuldade de desenvolver a caligrafia - visto que lápis e cabelos não funcionam bem juntos - quanto em razão dos distúrbios de concentração causados pela algazarra dos colegas de classe inventando apelidos como "manicure do Toni Ramos" e "Edward mãos-de-rastafari".

Uma criança com essas limitações infelizmente crescerá para desempenhar apenas funções secundárias na sociedade e, muito provavelmente, será mais um porteiro que passa os seus dias lendo revistas eróticas de segunda categoria, jogando gracejos para empregadas gordas e freqüentando casas de massagens cujas profissionais mais caras aceitam vale-transporte como pagamento.

Os adolescentes e pré-adolescentes, apesar de suportarem níveis mais agressivos de pornografia, também inspiram cuidados por não conseguirem assimilar ataques publicitários de baixo calão, tal qual o mais novo comercial de uma famosa empresa de telefonia celular.

O reclame em questão traz uma bela jovem, deitada em sua cama, utilizando mensagens de texto via celular para falar com as amigas e revelar que "ficou" com o Dado Dolabella. Ato contínuo, o suposto galã aparece saindo do banheiro do quarto da menina de forma que o adolescente espectador pode supor que ela descabelou o palhaço, quer dizer, o Dado Dolabella algumas horas antes.

O adolescente, que está iniciando suas práticas noturnas de caça e dificilmente passou das preliminares das preliminares, certamente ficará confuso ao notar que, para o Dado Dolabella, "ficar" significa anotar mais um abate na bainha da espada, e não apenas trocar beijinhos inocentes na hora do recreio.

Sem a devida atenção por parte dos responsáveis, esses trinta segundos de exposição televisiva podem criar um trauma de sérias conseqüências. Na melhor das hipóteses, o adolescente se tornará mais um jovem tímido portador, assim como 95,7% da população mundial, da síndrome de inadequação social.

Na pior das hipóteses, o adolescente crescerá para virar um novo Dado Dolabella e tornar o planeta Terra um pouco menos agradável de se viver.

O problema é que a televisão é um veículo de massa e o delicado equilíbrio ecológico da mãe natureza não suporta tanto lixo.




:: Permalink ::



07.10.04

As mais sábias palavras que já escrevi em uma quinta-feira


Saia curta não é para todas, como o que é feio não é para ser mostrado.

Beleza não é aparência, como calça da Gang não é mágica.

Bafo não é aceitável, como a desculpa do "namorado no banheiro" não é verossímil.

Brinco não é embelezador, como unha feita não é critério de escolha.

Peito grande não é desproporcional, como tudo. Principalmente se tiver uma bela bunda acompanhando.




:: Permalink ::



06.10.04

Quem procura acha o guru


Oi! parabéns pelo site, muito legal. Você já pensou em colocar um search engine para procurarmos páginas dentro do site a partir de uma palavra / frase? - Marcio


Prezado bajulador curioso,

Obrigado pelos elogios. Eu pessoalmente não fui olhar, mas acredito que as centenas de estagiários de informática e jornalismo que são mantidos em cativeiro dentro da redação sem janelas do Timelei também estão muito felizes com as suas palavras.

Sobre a sua questão, depois de meditar demoradamente digo que não teremos por enquanto tal sistema de buscas.

De fato, um recurso dessa natureza seria de grande utilidade para os usuários. No entanto, 90% da publicidade veiculada no Timelei é feita na forma de mensagens subliminares visuais e textuais que demandam um tempo de exposição prolongado do leitor para gerar resultados significativos.

Com o recurso da busca, qualquer babuíno com um mínimo de conhecimento das normas ortográficas poderia encontrar rapidamente as repostas que procura no Timelei, diminuindo assim seu tempo de navegação em nossas páginas repletas de reclames comerciais praticamente invisíveis. Esta resposta, por exemplo, é um veículo para o nosso mais novo anunciante: um lubrificante sexual muito famoso no mercado.

Você, Marcio, por acaso não estaria sentindo um curioso comichão que inevitavelmente o levará a experimentar todas as aplicações de tão versátil produto?


Mande sua dúvida: [email protected]




:: Permalink ::



05.10.04

A biografia de Mahatma - Parte 2


Manda quem pode

Todos vocês, crianças solitárias perdidas na penumbra da Caverna de Platão, sentem o extremo poder de minha aura e voltam compulsivamente e diariamente ao Timelei para checar se novos escritos foram adicionados aqui.

Tenho consciência que meu indecifrável charme pessoal desempenha um importante papel no significativo fluxo de visitas que este simples recanto virtual recebe. No entanto, sou humilde para reconhecer que muito do meu magnetismo animal é resultado dos poderes ancestrais que carrego.

O primeira e mais conhecida de minhas habilidades é a sapiência. Eu sei de tudo. Tudo o quê? Sei tudo que existe para saber. Tantas vidas me proporcionaram o conhecimento do passado, fonte de todo o saber do presente e base razoável para os meus chutes bem colocados sobre o futuro. Não vejo motivos para apresentar provas de minhas capacidades, mas para os infiéis deixo dois argumentos irrefutáveis e a maldição que os levará a queimar no inferno do Cheque Especial:

1) Eu sei de tudo que existe para saber porque eu sei de tudo que existe para saber. Se eu não soubesse que sei de tudo que existe para saber eu não saberia de tudo que existe para saber. É lógico e simples.

2) Eu sei responder qualquer pergunta feita no Jogo do Milhão. Até mesmo aquelas que a esclerose do Silvio Santos impede que ele formule direito.

Minha segunda e mais visível habilidade é uma característica física que, em repouso, se posiciona estrategicamente na altura dos meus joelhos. Aliás, esta particularidade de grosso calibre está diretamente relacionada com meu radar natural que pode localizar uma jovem virgem acima de 18 anos num raio de até vinte quilômetros. É uma espécie de versão aprimorada do sonar de crianças desacompanhadas que os padres católicos possuem.

Possuo também diversos pequenos e muito úteis poderes. Entre tantos outros, posso citar alguns exemplos como a capacidade de identificar cheques sem fundo com a força do pensamento, abrir fecho de "soutien" utilizando apenas um dedo mindinho, transformar cachaça em caipirinha e compreender o dialeto universal dos porteiros.

Agora, antes de vocês perguntarem o que sei que pretendem, adianto a resposta: não.

Eu não temo o desafio de James Randy, aquele senhor idoso que oferece um milhão de dólares a quem provar a existência de poderes sobrenaturais. Explicarei minhas razões em nosso próximo encontro que, naturalmente, sei que será em breve.




:: Permalink ::



04.10.04

Mahatma ensina como ser um Big Brother


Gostaria de participar do bb5 estou em uma situação de muitas dificuladdes sou casado e tenho 2 filhas de 3anos moro em jacarepagua por favor me deem esta chance vou mandar minha fita um amigo vai paragar para min fazer a fita - Rafel Bronziado dos Santos


Querido analfabeto funcional,

Deus escreve certo por linhas tortas. Eu que já li os escritos Dele admito que a redação é meio confusa, mas ao menos existe um padrão que possibilita a compreensão. No seu caso, no entanto, sinto admitir que fiquei mais perdido do que eunuco em Sodoma e Gomorra.

Depois de reler algumas vezes, finalmente consegui entender que você pretende participar de um renomado Reality Show que oferece prêmios em dinheiro. Parabéns, você está no caminho certo. Sofrer de ignorância crônica e morar longe são dois fatores que contribuem para sua condição de favorito ao título na quinta edição do Big Brother. Continue com o bom trabalho que você chegará aonde deseja.

Mande sua dúvida: [email protected]




:: Permalink ::